in

Padrasto é acusado de estuprar e engravidar enteada

Mais um caso de abuso esse caso ocorreu com uma jovem de 22 anos de idade ela alega a Delegacia da Mulher (DDM) que foi violentada desde os 4 anos de idade.

PUBLICIDADE

 

 A Delegacia de Defesa da Mulher de Franca investiga um homem de 40 anos, morador do Jardim Luiza, que foi acusado de estuprar e engravidar a própria enteada.

PUBLICIDADE

A mesma contou a Policia que morava com o padrasto  a mãe e os irmãos e começou a ser abusada pelo padrasto quando tinha apenas 4 anos.

Aos policias, ela informou que em 2009 sua mãe morreu e ela continuou morando com o padrasto, pois não tinha contato com o pai.

A Jovem de 22 anos disse que foi abusada desde os 4 anos de idade, mas que só procurou a polícia agora porque acredita que sua irmã, de 17 anos, também esteja sendo abusada pelo homem.

PUBLICIDADE

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, há muitos anos foi feito uma denúncia anônima sobre os abusos, mas por ainda ser criança não contou nada aos policiais sobre o que estava acontecendo.

A jovem também declarou que tem um filho de 6 anos, que é fruto dos abusos do padrasto e que o mesmo sabe da paternidade.

Ela disse que só procurou a polícia agora porque acredita que sua irmã, de 17 anos, também esteja sendo abusada pelo homem.

PUBLICIDADE

O caso foi registrado e está sendo investigado pela DDM de Franca.

Secretario vem a Franca e Prefeito anuncia compra de 10 leitos de uti

Fórum de Franca volta a funcionar mas sem Atendimento ao Publico