Posse do Prefeito de Franca ocorre hoje evento fexado ao publico

Haverá hoje na cidade de franca uma solenidade restrita devido à pandemia do coronavírus, onde os 15 vereadores, prefeito e vice eleitos nas eleições municipais de 2020, tomam posse nesta sexta-feira, 1º, às 10h, na Câmara Municipal de Franca para o mandato de 2021/2024

Há um novo quadro de parlamentares na cidade conta com oito novos vereadores sendo que apenas 5 conseguiram a reeleição.

Outros três não concorreram novamente ao cargo. Entre as novidades há duas mulheres, dobrando o número da legislatura que se encerra. São elas: Lindsay Cardoso (Cidadania) e Lurdinha Granzotte (PSL).

 Para evitar aglomerações, a solenidade contará exclusivamente com a presença das autoridades que tomarão posse, além de Gilson de Souza (DEM), que deixa o cargo de prefeito e imprensa credenciada. 

Logo após a cerimônia, Alexandre Ferreira (MDB) seguirá para a prefeitura para a primeira reunião já empossado como prefeito da cidade.

Já os vereadores permanecem no plenário para a escolha da nova Mesa Diretora da Câmara.

Claudinei da Rocha (MDB) e Carlinho Petrópolis (PL) disputam a principal cadeira do Legislativo. Porém, pode haver uma composição e Rocha ser escolhido dentro de um consenso.

O atual presidente da Câmara, Pastor Palamoni (PSD), que desistiu de concorrer à reeleição, já declarou apoio a Claudinei da Rocha, cuja sua chapa tem Gilson Pelizaro (PT) como vice e Ilton Ferreira (PL) como 1º secretário.

Lindsay, vereadora mais bem votada, comanda os trabalhos na cerimônia desta sexta-feira, sendo a responsável para empossar o Alexandre o prefeito e o vice Everton de Paula.

 Vereadores eleitos para 2021/24

Lindsay Cardoso (Cidadania), de 33 anos, foi a vereadora com mais votos – 3.284 – nas eleições 2020. Ela é divorciada, natural de Franca e trabalha como confeiteira.

Donizete da Farmácia (MDB), de 58 anos, foi o segundo mais votado com 3.283 votos, vai para o quarto mandato no Legislativo municipal. Ele é casado e farmacêutico.

Luiz Amaral (Republicanos), de 55 anos, obteve 2.924 votos. Natural de Paracambi (RJ), casado e pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

Daniel Bassi (PSDB) é o vereador mais novo a ser eleito nesta eleição aos com 29 anos. Ele é solteiro e obteve 2.592 votos. O advogado foi assessor do deputado estadual Roberto Engler (PSB).

Carlinhos Petrópolis da Farmácia (PL), de 39 anos, foi reeleito com 2.577 votos. Ele é casado e trabalhou 16 anos no setor farmacêutico.

Zezinho Cabeleireiro (PP) foi eleito vereador pela terceira vez. Com 2.273 votos ele volta à Câmara após ficar um mandato fora. Casado, natural de Coqueiral (MG), com 58 anos de idade, ele trabalhou como sapateiro, foi gerente da Emdef e é cabeleireiro.

Claudinei da Rocha (MDB), de 52 anos, conseguiu o terceiro mandato consecutivo como vereador na cidade, totalizando 1.921 votos. Ele é casado tendo trabalhado em bancas de pesponto. Claudinei é diácono da Igreja Assembleia de Deus.

Ronaldo Carvalho (Cidadania) foi eleito pela primeira vez com 1.908 votos. Casado, natural de São Paulo e tem 50 anos. Ele foi encanador, soldador e cabeleireiro e ligado à Renovação Carismática Católica.

Ilton Ferreira (PL), obteve 1.842 votos. Casado, com 52 anos, foi pedagogo e professor de música. Natural de Franca, ele foi conselheiro tutelar por seis anos.

Kaká (PSDB), de 60 anos, foi reeleito com 1.635 votos, perdendo 4.435 votos em relação à eleição passada quando obteve 6.070 votos. O francano ficou conhecido pela sua ligação com a assistência social e luta contra a dependência química.

Gilson Pelizaro (PT) de 54 anos, foi eleito para o seu quinto mandato (não consecutivos) com 1.565 votos. Após 16 anos sendo um dos representantes da população ele volta a ocupar uma cadeira na Câmara. Natural de Cristais Paulista.

Pastor Palamoni (PSD), de 53 anos, foi reeleito com 1.559 votos. Ele é pastor da Igreja Evangelho Quadrangular e encerra o mandato como presidente da Câmara.

Marcelo Tidy (DEM), de 51 anos, foi eleito com 1.424 votos. Será a primeira vez que ele ocupará uma cadeira no legislativo.

Della Motta (Podemos), obteve 1.411 votos. Tenente da policial militar aposentado, natural de Caconde (SP), o vereador contou com o apoio de policiais veteranos da cidade na reeleição.

Lurdinha Granzotte (PSL), 55 anos, é servidora pública municipal obtendo 1.220 votos. Ela é filha do ex-vereador José Granzotte, que ocupou o posto nos anos 1980 em dois mandatos.