in

Casal de professores são enterrados no mesmo dia vítimas da covid-19: “A dor é em dobro, um morreu de manhã e o outro a noite”

No último domingo 4 um casal de professores do Distrito Federal morreram devido as complicações da covid-19 com pouca horas de diferença um do outro.

PUBLICIDADE

Segundo informações da Secretaria de Saúde Antônio Fávero Sobrinho de 71 anos professor de história da faculdade de uma Universidade de Brasília e a esposa Ana Ângela Oliveira de 46 anos, professora de uma escola pública no Distrito Federal foram sepultados no domingo no cemitério Campo da Esperança em Brasília.

Antônio ficou internado na UTI por mais de 23 dias precisou ser entubado devido as complicações da doença, ele já entrou no hospital com quadro de dificuldades respiratórias ficou internado teve parada cardiorrespiratória.

O quadro de saúde se agravou muito e não resistiu, ele deixou um filho de 4 anos e 3 filhos de um primeiro casamento.

PUBLICIDADE

Uma amiga do casal que também é professora disse que foi professora do filho deles, disse que eles queriam muito voltar a dar aulas, tinha muitos projetos eles chegaram mas escrever um livro sobre o” Menino que descobriu o Lago Paranoá”.
Eles contraíram a covid-19 e foram internado e morreram pouco tempo de diferença um do outro, a dor foi em dobro para toda a família.

Antônio morreu de manhã e a esposa à noite, a professora Regina disse que Antônio era conhecido por incentivar o estudo, várias homenagens foram prestadas à ele nas redes sociais.

PUBLICIDADE

O sindicato de professores do Distrito Federal se solidarizou com a morte do casal que dedicaram tanto empenho ao ensino e enviou uma mensagem de pesar para todos os familiares e amigos e também alunos dos professores.

Mas pediu para que embora todos tivessem comovidos com essa situação não fizessem aglomeração no cemitério, pois o Distrito Federal está com quadro elevado de contagem de covid-19, por mais que sejam pessoas que todos amam o sindicato destacou que somente parentes e amigos próximos estivessem participando do velório.

 

Locutor de rodeio Ivan Diniz morre de covid. Brasil e Goiás em luto.

Ladrão trapalhão é preso após prender a cabeça em porta ao tentar invadir e furtar casa no DF