in

Casados há 52 anos, idosos morrem em 24 horas devido as complicações da covid-19: “Deus levou os dois para um não sofrer sem o outro”, diz filho

Everton de Souza Patrício de 35 anos perdeu a mãe e o pai em 24 horas devido as complicações da covid-19.

PUBLICIDADE

Noemi Terezinha Patrícia de 71 anos morreu na segunda-feira por volta das 13 horas, o pai Manoel Valdemir Patrício de 75 anos na terça-feira às 14 horas.

PUBLICIDADE

O casal estava completando 52 anos de união foram enterrados no mesmo dia no cemitério municipal de Criciúma.

PUBLICIDADE

O filho disse que nenhum dos dois ficou sabendo da morte um do outro, não sofreram com a notícia, embora seja uma tragédia para a família seria pior enterrar um em um dia e uma semana depois enterrar o outro, seria sofredor até para eles.

Estão juntos há muito tempo e partirem juntos isso traz um certo conforto para a família por saber que eles se amavam muito, Noemi e Manuel deixam 6 filhos 11 netos e 5 bisnetos.
Uma filha do casal está internada na unidade de terapia intensiva em estado grave devido as complicações da covid-19, o filho conta que a doença deixa muitas sequelas e por isso é tão difícil, o pulmão os rins foram afetados e a notícia devastadora chegou uma atrás da outra, é uma dor imensa a perca da do pai e da mãe.

Manuel e Noemi era evangélicos passavam boa parte do tempo na igreja fazendo orações, quando veio a pandemia tudo mudou a vida deles foram totalmente mudada passaram a ficar mais dentro de casa e se tornaram mais angustiosos por não poderem sair.

Eles não chegaram a ser vacinados contra covid-19 não deu tempo, ao testar em positivo para covid-19 eles tiveram febre dor de cabeça e problemas no pulmão, o primeiro a contrair doença foi o pai, os filhos quiseram tirar a mãe mas ela disse que jamais o abandonaria, os dois contraíram a doença e partiram quase no mesmo dia.

 

Ex-mulher de Dr. Jairinho afirmou em depoimento que foi agredida dias após o casamento, enquanto arrumava as malas para a lua de mel: “Monstro”

Casal casados há 52 anos, idosos de SC morrem com diferença de 24h em decorrência de Covid: “Deus levou os dois para não sofrer um sem o outro”, diz filho