in

Caso Henry: Depoimento da babá revela como aconteceram as agressões a Henry

Ainda na última terça-feira (12), Thanya Ferreira, a babá de Henry Borel, prestou um novo depoimento às autoridades responsáveis pela investigação do crime, em especial comentando a respeito das agressões praticadas por Dr. Jairinho contra o menino, o que causou a sua morte. Então, a babá acabou fornecendo maiores detalhes a respeito da tarde de 12 de fevereiro, a véspera da morte de Henry.

PUBLICIDADE

De acordo com o depoimento em questão, o menino foi submetido a uma sessão de tortura no apartamento em que vivia com a mãe e o padrasto. Na ocasião citada, Thayná chegou a relatar o que estava acontecendo para Monique Medeiros, a mãe de Henry, através de uma conversa no WhatsApp que foi recuperada durante as investigações.

Segundo Thayna, no dia em que as agressões aconteceram, Jairinho chegou mais cedo no apartamento e surpreendeu a ela e Henry. Então, o menino foi até o padrasto e lhe deu um abraço para posteriormente ouvir um convite para ir até o quarto ver algo que o vereador havia comprado. Logo depois de entrar no quarto e perceber o que aconteceria, Henry chegou a gritar chamando pela babá.

Então, de acordo com o relato de Thayná, ela chegou a ir até o quarto, mas Jairo havia trancado a porta e aumentado muito o volume da televisão. Foi nesse ponto que ela tomou a decisão de avisar a Monique sobre o que estava acontecendo. Quando Henry saiu do quarto, ele abraçou a babá e começou a reclamar de dores no joelho “por causa da banda”.

PUBLICIDADE

O depoimento de Thayn sobre a morte de Henry Borel Foto Wagner Magalhes e Anderson Cattai

Via: g1.globo.com

PUBLICIDADE

Caso Henry: Coveiro dá detalhes sobre o comportamento de Monique durante o enterro

Caso Henry: Depoimento da babá revela que avó materna sabia das agressões