in

Relembre outros casos parecidos com o de Henry Borel

A morte do garoto Henry Borel tem causado comoção em todo o Brasil. O crime aconteceu na madrugada do dia 8 de março e um mês depois dos fatos destacados, o vereador Dr.  Jairinho, padrasto de Henry, e Monique Medeiros, a mãe do menino, foram presos sob a acusação de homicídio duplamente qualificado e por atrapalhar as investigações.

PUBLICIDADE

O envolvimento dos dois no crime foi comprovado por algumas acusações no celular de Monique. Entretanto, esse não é o primeiro caso do tipo a chocar o Brasil. Existem outros casos de crianças que faleceram em situações trágicas e deixaram o país indignado.

De encontro ao que foi destacado, é possível citar o caso de  Joaquim Ponte Marques, de 3 anos de idade. O menino faleceu após receber uma alta dose de insulina e o seu padrasto, Guilherme Longo e a sua mãe, Natália Ponte, foram acusados do crime. Atualmente, Guilherme está preso e responde por homicídio triplamente qualificado e por ocultação de cadáver.

Sem dúvidas, um dos casos mais conhecidos desse tipo é o de Isabella Nardoni, morta aos 5 anos de idade ainda em 2008. Ela foi encontrada no jardim do prédio em que o seu pai vivia após ser arremessada da janela do sexto andar. Os responsáveis pelo crime foram Alexandre Nardoni, o pai de Isabella, e Ana Carolina Jatobá, a madrasta da menina. Entretanto, os dois sempre negaram o crime.

PUBLICIDADE

 

Via: www1.folha.uol.com.br

PUBLICIDADE

Idosa vítima de maus tratos e cárcere privado é resgatada pela polícia

Morre aos 56 anos o grande jornalista Aloy Jupiara vítima da covid-19: “Um exemplo de pessoa, sempre esteve a disposição para socorrer os amigos”