in

Urgente: Coronel Jairo pai de Jairinho pediu que outros presos de Bangu 8 ajudassem seu filho na prisão

O deputado estadual Coronel Jairo pai do Dr. Jairinho acusado pela morte de Henry Borel de 4 anos enviou mensageiros a Bangu 8 onde o filho está preso e pediu para que alguns figurões que também estão detidos na penitenciária pudessem ajudar Jairinho para que ele não sofresse maus tratos de outros prisioneiros dentro de Bangu.

PUBLICIDADE

Até o momento Jairinho está de quarentena devido a covid-19, está afastado de outros detentos e por isso está seguro, mas logo quando passar a quarentena irá estar próximo dos outros presos.

O pai já pensando nisso em alguma retaliação pediu para que o filho venha ser protegido dentro da penitenciária.

A polícia civil está investigando o caso, diversas pessoas já foram ouvidas como a babá, a avó, uma simulação foi feito na residência do casal e até o momento todas as testemunhas tem apontado jairinho como uma pessoa agressiva.

PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira 14 a polícia pretende ouvir a irmã de Jairinho, a babá do menino foi ouvida e também a empregada Leila Rosângela deve comparecer à delegacia.
Tainá chegou a contar que estava com medo de depor e falar a verdade, Tainá disse que Talita disse para ela não ser juíza no caso do irmão dela, ela falou sobre a conversa que teve com Talita e também sobre o que viu acontecendo com o garoto.

A babá também disse que a irmã de Jairinho questionou sobre a conversa no celular e pediu para apagar as mensagens e posteriormente questionou se Tainá havia apagado e ela confirmou, Tainá seguiu com a seguinte frase, “menos é mais”.

PUBLICIDADE

 

Morre aos 56 anos o grande jornalista Aloy Jupiara vítima da covid-19: “Um exemplo de pessoa, sempre esteve a disposição para socorrer os amigos”

Parece filme: jovem rouba carro de aplicativo, atira em motorista, dispara diversas vezes contra a ex-namorada, sai do estado e morre em confronto com a polícia