in

Caso Henry: Advogada de Monique diz que ela foi agredida por Jairinho, é uma vítima como o filho

Monique Medeiros mãe de Henry trocou de advogado e a nova defesa agora diz que Monique sofria violência por parte do Vereador o Dr. Jairinho.

PUBLICIDADE

Os advogados querem que Monique preste um novo depoimento na delegacia, segundo os advogados a precedentes que devem ser ouvidos já que outras testemunhas também já prestaram novos depoimento.

Monique está presa no Instituto penal Ismael Silveira em Niterói no Rio de Janeiro, na última quarta-feira 14 os advogados de Munique fizeram um pedido para que seja coletado novo depoimento da mãe de Henry.

Esse pedido está sendo analisado pelo delegado estão verificando se há a necessidade ou não de um novo depoimento de se apresentar um novo relatório, mas isso será decidido na próxima semana.

PUBLICIDADE

Segundo o delegado as provas que colheram são contundentes contra o casal e tem certeza que a criança foi assassinada.
Jairinho espancou a criança até a morte e a mãe sabendo do que estava acontecendo não interviu para proteger o filho.

Henry Borel morreu no dia 8 de março e no dia 8 de abril Munique e Jairinho foram presos responsáveis pela morte da criança, segundo a advogada de Monique ela sofria agressões por parte de Jairinho e devido essas agressões ela temeu se opor ao marido.

PUBLICIDADE

Segundo a advogada ela não sabia que o filho estava sendo agredido ela acreditava que Jairinho estava apenas dando correção batendo mas com tapas ou chinelo, não sabia que era uma agressões como socos e pontapés.

 

 

Jovem não sabia que estava grávida e dá à luz sozinha no chuveiro: “Ver a cabeça do meu filho saindo foi um choque”, disse jovem

Casal é internado com covid-19 logo após ter bebê e sai do hospital no dia do aniversário de casamento: “Agora é vida nova”