in

Butantan recebe insumos para continuar a produção da CoronaVac

Na manhã dessa segunda-feira (19), o Instituto Butantan recebeu uma carga para a produção de novas doses da CoronaVac. A carga em questão, referente a mais de 3 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo, será usada para produzir mais de 5 milhões de novas doses da vacina contra a Covid-19.

PUBLICIDADE

De acordo com informações publicadas pelo G1, o carregamento do insumo veio da cidade de Pequim, localizada na China. A CoronaVac é produzida pelo Butantan em parceria com a empresa chinesa Sinovac. A carga chegou ao território nacional através do aeroporto de Guarulhos, localizado na cidade de São Paulo, por volta das 6h13.

É possível afirmar que, de acordo com o cronograma oficial, o novo lote do IFA deveria ter chegado no Brasil ainda no dia 8 de abri. Assim, devido ao atraso, o Butantan somente será capaz de cumprir a entrega das 46 milhões de vacinas prometidas ao Ministério da Saúde no dia 10 de maio desse ano. De início, o Instituto pretendia entrega-las ainda no mês de abril

Segundo o G1, o motivo para que a carga tenha se atrasado para chegar ao brasil está ligado ao fato de que o processo final de produção da vacina, que envolve o envase e a rotulagem dos frascos, deve levar em torno de 2 semanas.

PUBLICIDADE

Além disso, de início o Butantan esperava receber 6 mil litros de IFA em um lote, mas o envio acabou sendo dividido e os outros 3 mil devem chegar ao Brasil ainda no final de abril.

 

PUBLICIDADE

Como funciona a glândula pineal, responsável por regular o sono

Porteira chamada de macaca por morador de prédio desabafa: “Me chamou de chimpanzé, macaca, não importa se tem dinheiro, devo ser respeitada”