in

Criança é agredida por padrasto durante aula virtual no RS: “Foram ofensas, puxão de cabelo; um absurdo”

Um menino foi agredido pelo padrasto e o ato foi registrado por uma câmera enquanto o garoto participava de aula online.

PUBLICIDADE

O caso aconteceu na cidade de Erechim no norte do Rio Grande do Sul, a câmera registrou a cenas de violência cometida pelo padrasto.

A policial civil e o Ministério Publico iniciaram uma investigação sobre o caso, enquanto a criança participava da aula online ele teve os fones arrancado com força e o homem puxou os seus cabelos bruscamente e as agressões não pararam por aí.

Passado algum tempo ele voltou para aula virtual chorando, logo em seguida o enteado volta aparecer no vídeo e o padrasto ainda retorna a puxar o cabelo do garoto e ofende durante.

PUBLICIDADE

Com a pandemia da covid-19 as aulas não tem acontecido presenciais mas de forma remota e a escola teve acesso a essas imagens de violência causada contra a criança e enviou as imagens ao Conselho Tutelar e pediu que o órgão interferisse.
A escola enviou um e-mail para o conselho tutelar pedindo que uma apuração fosse iniciada junto a família da criança, a escola também avisou a mãe e orientou sobre o que estava acontecendo.

O diretor do Conselho Tutelar disse que não havia nenhum registro de agressões por parte do padrasto à criança, a mãe do menino disse que ouviu os gritos da criança mas quando chegou no quarto onde ele estava estudando os atos violentos já tinham terminado estava tudo calmo, mas ela foi orientada a procurar a polícia.

PUBLICIDADE

O Conselho Tutelar entrou no caso e notificou também ao Ministério Público sobre o que vinha acontecendo, a delegacia especializada de apoio a mulher e vulneráveis da cidade de Erechim está investigando o caso.

 

Informação extraoficial: Avião cai na Pampulha e deixa um morto e outro em estado gravíssimo

Menina de seis anos agredida em Porto Real foi torturada por vários dias: “Recebeu socos, empurrões e pontapés”, uma verdadeira sessão de tortura