in

Para aluno não perder formatura, professor doou os próprios sapatos

Um professor que teve uma atitude de pai com um de seus alunos. Foi essa a atitude de John Butler, um educador da Lousiania, nos Estados Unidos, após ver seu aluno ficar constrangido por não ter sapatos para participar de sua formatura.

PUBLICIDADE

O educador ficou descalço e cedeu seus sapatos para que o aluno Deverius Peters pudesse se formar. O aluno foi barrado na entrada da cerimônia pois usava um tênis bem surrado e que estava violando o código de vestimenta da cerimônia de formatura.

No exato momento que ficou sabendo que seu aluno havia sido barrado na entrada, Butler não pensou duas vezes numa solução para que seu aluno pudesse pegar o tão sonhado e esperado diploma da High School de Boutte.

O educador conta que achou que por estar presente ao lado de Peters, a recepcionista libertasse a entrada dele mas insistiu e não o deixou entrar. A formatura é um dos momentos mas importantes da vida dele e eu não poderia deixar ele perder isso por nada.

PUBLICIDADE

A troca de sapatos

Foi então que o professor resolveu trocar seu mocassim tamanho 11 pelo tênis tamanho 9 do aluno. Isso tudo ocorreu a tempo de Peters conseguir correr para a fila da cerimônia e receber o tão esperado diploma.

PUBLICIDADE

Os familiares do jovem ficaram surpresos ao perceber a troca de sapatos, mas logo entenderam que foi um ato de empatia do educador, que acabou impedindo que um momento alegre e feliz se tornasse desagradável.

O aluno conta que não ficou nenhum pouco surpreso com a atitude do professor, pois ele é o tipo de pessoa que ajuda a todos.

Um grande abraço a todos os educadores que fazem a diferença na vida de seus alunos!

Empatia: Mulher doa rim para a ex-esposa do seu atual marido

Filho do goleiro Bruno questiona morte da mãe e afirma que quer conhecer o pai