in

Corpos localizados no Rodoanel são das amigas que desapareceram em baile funk em Paraisópolis

Foi confirmado pela Polícia Civil de São Paulo que os dois corpos que foram localizados no Km 48 do Rodoanel Mário Covas na última terça-feira (15) se tratava realmente das duas amigas que desapareceram no baile funk em Paraisópolis.

PUBLICIDADE

Julia Renata Garcia Rafael de 26 anos e Cláudia Cristina de 35, desapareceram no dia 3 de Junho.

Segundo os familiares elas foram participar de uma festa na laje em Paraisópolis e não foram mais vistas.

PUBLICIDADE

Fábio Pinheiro Lopes delegado responsável afirmou que os familiares reconheceram as jovens por meio de tatuagens e o exame médico constatou que realmente se tratavam das moças, em uma delas estava escrito o nome do filho de Claudia.

PUBLICIDADE

Os corpos foram encontrados no estado avançado de decomposição foram deixados à margem da rodovia, Segundo a polícia rodoviária federal os corpos estavam sujos de terra provavelmente elas tinham sido enterradas e foram tiradas e colocadas no local para que não houvesse mais buscas dentro da favela.
Estavam vestidas com calça jeans blusas e as tatuagens possibilitaram no exato momento a ter a plena certeza que se tratava das Jovens.

A principal linha de investigação é que a jovens foram mortas na madrugada do dia 2 no mesmo horário.

O delegado afirmou que há muitas suposições pelo motivo da morte das jovens e uma delas é que Cláudia se relacionava com um policial militar e ela pode ter sido vista com ele pelos traficantes e por isso foi executada.

 

Perseguido pela polícia, serial killer se diz possuído pelo demônio: ‘Vai levar o tanto de gente que puder’

Luto: Cantor sertanejo que fez dupla com Cristiano Araújo é encontrado morto