in

Após matar a ex em estacionamento, homem comete suicídio em hotel ao perceber a chegada da polícia

Na vila Carrão zona leste de São Paulo um homem cometeu suicídio na última segunda-feira (21), segundo informações da Polícia o suicídio foi dias após ele matar a ex-mulher por não aceitar o fim do relacionamento.

PUBLICIDADE

O homem estava foragido escondido em um hotel, quando percebeu que a polícia estava chegando ao local e que ele seria preso cometeu suicídio.

Na última quarta-feira 17 Edgar Napolitano foi a casa de Paloma Oliveira e na frente dos seus filhos ele puxou a vítima pelos cabelos colocou a mulher dentro de um carro e a levou para um estacionamento, lá ele disparou duas vezes contra a ex mulher que morreu no local.

Ele fugiu e a policial passou a fazer buscas em diversos lugares, segundo algumas informações e denúncias anônimas o homem foi localizado mas ao perceber a chegada da polícia no apartamento, ele tirou a própria vida.

PUBLICIDADE

Logo após o crime a polícia relata que o homem abandonou o carro a alguns quarteirões e fugiu a pé, familiares disseram que ele ficava sempre ameaçando Paloma, enviava áudios dizendo que não importava onde ela estivesse que ele a mataria, podia ser no trabalho em qualquer lugar, à noite ou dentro de casa ele ia lá pronto e acabou.
Após matar Paloma ele enviou a foto dela morta para uma amiga, Renata Ferreira soube da morte da irmã através dessas fotos.

Renata disse que soube que a irmã tinha morrido na hora assim que viu as fotos, segundo os familiares Edgar tem um histórico de violência ele era agressivo com Paloma, sempre discutiu era muito ciumento e ele não aceitava o fim do relacionamento, mas ninguém da família pensava que ele chegaria a esse ponto de tirar a vida da mãe dos seus filhos, o caso foi registrado no 10º distrito policial da Penha.

PUBLICIDADE

 

‘Descobrir que tu está viva é fora de série’, diz mulher que passou 175 dias com Covid em UTI do RS

Lázaro usou celular de vítima e trocou mensagens pelo Whatsapp: “Eu não fiz isso ai sozinho”