in

Fotos: Policiais atiraram 125 vezes durante ação para prender Lázaro Barbosa

Segundo informações dadas pelos agentes que estavam trabalhando na operação para prender Lázaro Barbosa, eles efetuaram 125 disparos contra o criminoso, essas informações foram citadas no boletim de ocorrências óbito pelo G1.

PUBLICIDADE

O serial killer mais procurado veio a óbito após uma troca de tiros entre ele e os agentes na manhã desta segunda-feira, dia 28, após ser procurado durante 20 dias de uma força-tarefa que tinha mais de 270 agentes trabalhando para efetuar a prisão dele

Foi afirmado pelo Secretário de Segurança Pública Rodney Miranda, na manhã desta segunda-feira, dia 28, que o serial killer chegou a descarregar um pente da arma de fogo contra os policiais depois de ter sido encontrado em Águas Lindas de Goiás, nos arredores do DF.

PUBLICIDADE

Os policiais contaram que durante a operação, estavam andando por um córrego quando avistaram o criminoso correndo para tentar se esconder do helicóptero da Casa Militar que estava sobrevoando pela área.

PUBLICIDADE

Além disso, disseram que assim que o avistaram começaram a serem alvos de disparos por arma de fogo, de início não puderam localizar se onde estava vindo. Depois disso, os agentes relataram que conseguiram identificá-lo escondido dentro de um arbusto “bem fechado”.

Foi pedido pelos policiais que deixasse a arma de o fogo e entregasse, mas ainda continuou atirando. Com a resistência de ser entregar, os policiais não tiveram nenhuma alternativa a não ser atirarem de volta. Na entrevista cedida pelo secretário, ele deu detalhes sobre o operação para prender Lázaro.

Bolsonaro comenta morte de Lázaro Barbosa: “CPF cancelado” e parabeniza policiais envolvidos na operação

O apresentador José Luiz Datena vai se filiar ao PSL para ser candidato em 2022