in

Irmão de apóstolo que vendia feijão como cura morre de Covid-19

O bispo Vanderley Santiago, se 53 anos de idade morreu após contrair o novo Coronavírus, nesta segunda-feira, dia 28, em São Carlos, SP. Valdemiro Santiago, que faz parte da congregação da Igreja Mundial do Poder de Deus, estaria vendendo feijões com o argumento de que eles tinham a cura para a doença que afetou todo o mundo.

PUBLICIDADE

A prefeitura informou que o bispo foi atendido no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho, e depois teve que ser transferido para a UPA do Santa Felícia, local onde teve uma parada cardiorrespiratória mas acabou não resistindo e veio a falecer.

Além de outras informações que foram cedidas pela prefeitura, ele havia testado positivo para o Coronavírus mas já tinha tomado a primeira dose da vacina no dia 16 de junho. Não se tem detalhes sobre o enterro. O portal de notícias online G1, tentou fazer contato com familiares e representantes da igreja mas não conseguiu.

Valdemiro Santiago estava vendendo sementes nos valores de cem a mim reais. O MPF segue com as investigações de estelionatário pelo pastor pois existem vídeos que incentivavam o cultivo das sementes vendidas por ele. Além disso, o MPF afirma que isso não passa de propaganda enganosa.

PUBLICIDADE

No mês de maio de 2020, a igreja confirmou que a venda dos feijões não era a cura, mas sim o começo de um grande propósito de Deus. E você, o que pensa sobre tudo isso.

Via: g1.globo.com

PUBLICIDADE

Fotos: itens apreendidos com Lázaro Barbosa, segundo a polícia: armas, biscoito, remédios e faca

Parlamentares acusam o presidente de prevaricação sem ao menos ter comprado a vacina Cavaxin: “O que está por trás disso?”