in

Caso Lázaro: Advogados veem excesso de dolo por parte da polícia:; mas brasileiros em geral parabenizam PMs e os 125 tiros

O serial Killer Lázaro Barbosa de 32 anos morreu na última segunda-feira (28) em confronto com a polícia, ele é acusado de diversos crimes, assassinado, abuso, cárcere de privado, ao ser cercado pela polícia ele descarregou uma pistola contra os policiais que não tiveram outra opção a não ser revidar.

PUBLICIDADE

Segundo os agentes 125 disparos foram feitos pela polícia, 38 acertaram Lázaro, segundo o secretário de segurança o criminoso não deu nenhum sinal de rendição para que pudesse ser capturado e o desfecho foi com a morte do assassino.

Já alguns criminalistas advogados e pessoas na internet tem relatado sobre o excesso de força por parte da polícia, disseram que eles deflagraram tiro em excesso que poderiam ter feito a prisão do criminoso.

PUBLICIDADE

A própria esposa de Lázaro disse que eles poderiam ter tirado no pé ou na mão, mas a polícia diz que ele estava no meio da mata e que antes de morrer um soldado de bem que luta pelo bem da população, melhor morrer um assassino criminoso que matou uma família inteira com total covardia e humilhação.

O advogado disse que os ferimentos no corpo e a quantidade de tiros indica um excesso de dolo pela atuação da polícia que deve garantir a ordem pública e a paz social.
Mas nas redes sociais não há ninguém que concorde com esses pensamentos de advogados, alguns seguidores dizem que são tolos e que na verdade um criminoso que não tinha intenção alguma de se render pois em 20 dias poderia ter se rendido certamente iria confrontar a polícia.

PUBLICIDADE

A polícia não deveria de maneira alguma agir de outra forma a não ser dessa maneira revidando e tirando a vida deste criminoso que matou muitas pessoas com covardia.

Alguns lamentaram desfecho mas a verdade é que milhares fizeram festa soltaram fogos pela ação da polícia e as pessoas de bem tem dado os parabéns aos policiais por ter dado esse fim a esse criminoso frio e calculista.

 

Criança de dez anos é espancada pelo pai devido a atividade escolar: “O menino teve lesões na barriga, costas, braços e pernas”

Brasil está na frente de países da Europa e sobe para 3º lugar em ranking de países que mais vacinam no mundo