in

Os 4 erros que você deve evitar após receber a vacina contra a Covid-19

Em meio a pandemia do novo vírus da Covid-19, a maior esperança da população do mundo inteiro é que todos sejam imunizados o mais rápido possível. Esse novo vírus gerou um caos no mundo inteiro. Os países do mundo todo estão em busca dos imunizantes, nessa “corrida”, sem sobra de dúvidas são os países mais ricos e desenvolvidos que saem na frente, isso não garante que os resultados estão ligados aos números.

PUBLICIDADE

Um exemplo que pode ser usado, é o Uruguai, que é um país da América do Sul, que mais tem imunizou pessoas, mas também é um dos países que tem o maior índice de óbitos. As informações são contraditórias um a outra, mas não é dessa forma. Quando se interpreta os números de maneira errada, eles ficam totalmente sem sentido.

O Uruguai e Reino Unido, acabaram esbarrando em um problema que não esperavam. Mesmo o índice alto de pessoas que tomaram a vacina, o de óbito segue alto também e a resposta pode ser encontrada no comportamento da população. Abaixo estão os erros mais perigosos para aqueles que já estão vacinados.

 

PUBLICIDADE

1. Achar que está 100% imunizado.

Segundo especialistas, a vacina não garante a imunidade. Isso significa que ao sair do posto após ser vacinado, ainda não está totalmente imunizado. Todas as vacinas disponíveis, precisam de 2 semanas para que chegue ao nível total de eficácia.

PUBLICIDADE

2. Achar que a vacina irá te impedir de contrair a doença.

Até hoje nenhuma das vacinas criadas tem uma eficácia de 100%. E é bem capaz que nenhuma chegue atingir a total eficácia.

3. Não se isolar se tiver sintomas.

Mesmo tendo tomado as doses da vacina, se sentir qualquer um dos sintomas da Covid-19, é preciso que fique em isolamento e consulte um médico.

4. Parar de usar máscaras ou higienizar as mãos com frequência.

Mesmo imunizado, você ainda precisa manter as restrições pedida pela OMS, para que não contamine outras pessoas pois mesmo vacinados ainda pode haver contaminações.

Bebê de cinco meses enfrenta doença rara e grave que transforma corpo em “pedra”

Promotora de vendas de 25 anos é esfaqueada na Zona Oeste do Rio; ex-namorado é o principal suspeito