in

Botucatu registra queda de 81% dos casos de Covid-19 após vacinação em massa com a Oxford/AstraZeneca.

A cidade de Botucatu, localizada no estado de São Paulo, tem visto uma nova queda na média diária de novos casos de Covid-19 pela terceira semana consecutiva após a imunização em massa. O governo da cidade faz parte da pesquisa de Oxford sobre a eficácia dos agentes imunológicos. Em 3 semanas, o número de casos foi reduzido em 81%.

PUBLICIDADE

Segundo dados da prefeitura municipal, entre 27 de junho e 3 de julho, foram diagnosticados apenas 27 casos por dia útil, para um total de 189 casos. Esses números são muito inferiores aos valores associados a uma média de 141 casos confirmados por dia entre os dias 6 e 12 do mês anterior. Durante esse período, ocorreu o maior pico de infecções desde a vacinação em massa, e 988 casos foram confirmados em apenas uma semana.

Você deve continuar a respeitar o uso de máscaras e manter distância. Segundo a prefeitura, a segunda dose de imunização está prevista para ser administrada nas duas primeiras semanas de agosto.

De acordo com o Vacinômetro, a cidade ocupa a primeira posição no ranking de doses utilizadas nos estados de SP. Com aproximadamente 148 mil moradores na cidade, 121.989 pessoas receberam a primeira dose da vacina, o que representa 82% da população total. Segundo a prefeitura, quase toda a população adulta é imune ao vírus.

PUBLICIDADE

A imunização em massa da cidade faz parte das pesquisas sobre imunizantes produzidos pelas universidades Oxford e Fiocruz.

Depois de vacinados, os moradores da cidade devem assinar uma procuração para que, caso o vírus dê positivo, os cientistas possam sequenciá-lo geneticamente. Essa palavra garante que seus dados nunca sejam compartilhados e somente serão registrados pelos cientistas responsáveis pelo imunizante.

PUBLICIDADE

“Diabão” de SP choca ao remover dedo e implanta dentadura de prata

Humorista Whindersson Nunes passa por procedimento cirúrgico e fotos no hospital são divulgadas na web