in

“Diabão” de SP choca ao remover dedo e implanta dentadura de prata

O homem que é mais conhecido como “Diabão”, de Praia Grande, no litoral do estado de São Paulo, contou ao portal de notícias online G1 nesta terça-feira, dia 6, que fez novas modificações em seu corpo, isso inclui a remoção do dedo anelar, que é um projeto para que possa deixar sua mão mais semelhante a uma garra, e o uso de dentadura de prata, que contém presas laterais.

PUBLICIDADE

Michel Praddo, de 46 anos de idade, e sua mulher Carol Praddo, de 36 anos mais, conhecida como a “Mulher Demônia”, ela tem praticamente todo seu corpo tatuado e diversas outras modificações, influindo chifres que foram implantados em sua testa. O homem retirou partes de seu nariz, cortou as orelhas e alongou seus dentes. Entretanto, hoje em dia já fez diversas outras mudanças em seu corpo.

Casal mostra antes e depois de modificações extremas — Foto: Reprodução/Redes Socais

O casal está junto a mais de uma década e começaram a realizar modificações mais extremas há mais ou menos quatro anos. Foi iniciado pelo homem, mas logo depois a esposa também acabou entrando na onda.

PUBLICIDADE

Diabão tem 85% do corpo tatuado, e a Mulher Demônia, 65% — Foto: Arquivo Pessoal

Diabão contou que contraiu o vírus da Covid-19 não faz muito tempo e que ainda vem se recuperando das sequelas deixadas, devido a isso, aguarda sua melhora para poder da continuidade com os projetos de modificações.

PUBLICIDADE

Projeto La Garra

'Diabão' removeu o dedo anelar em projeto para deixar mão parecida com uma garra — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O homem conta que ainda tem bastante, projetos para implantar mais coisas, entretanto precisa se recuperar totalmente pois tem imunidade baixa e isso acabou fazendo com que seu corpo expelisse algumas peças que já estavam cicatrizadas.

Garoto de 7 anos nada por uma hora em rio para buscar ajuda para pai e irmã nova nos EUA

Botucatu registra queda de 81% dos casos de Covid-19 após vacinação em massa com a Oxford/AstraZeneca.