in

Morta em operação no Salgueiro; Hello Kitty já cantou em igrejas evangélicas então voltou à vida do crime se tornando gerente do tráfico

A jovem traficante conhecida como Hello Kitty tinha apenas 20 anos de idade e morreu ao confrontar a polícia na última sexta-feira (16).

PUBLICIDADE

A jovem era conhecida na hierarquia do tráfico na região metropolitana do Rio de Janeiro Rayane Nazareth Cardozo da Silveira a Hello Kitty era conhecida por ser muito violenta e sempre postava nas redes sociais pistolas e fuzis.

Ela estava sendo investigada por diversos crimes como homicídio, roubo e era gerente no tráfico de droga na Nova Grécia em São Gonçalo.

PUBLICIDADE

A jovem foi criada no Morro da Ilha da Conceição em Niterói, a 78º DP estava investigando o caso e foram ao local após receberem uma denúncia anônima que uma família estava sendo feita refém.

PUBLICIDADE

Com isso a polícia militar foi ao local e bateram de frente com Hello Kitty e o pai dela conhecido como “20 anos”.
Houve um confronto e os dois morreram, Hello Kitty cresceu em uma família evangélica chegou a cantar na igreja antes de virar criminosa, ela era procurada pela polícia por diversos crimes.

Segundo informações de parentes Hello Kitty tinha uma vida muito pacata e estava na igreja era uma boa moça mas após se envolver no crime era extremamente perigosa e fazia parte do tráfico na região e se envolveu nas facções como no comando vermelho, na última operação da polícia militar no morro, a jovem foi atingida por tiros e morreu.

 

Hello Kitty: Gerente do tráfico de drogas é morta em confronto com a Polícia Militar durante operação

Emocionante: Aos 99 anos maior fã de Messi que fazia anotações de todos os gols recebe surpresa do camisa 10 do Barcelona