in

Bolsonaro: “Vou provar fraude na urna eletrônica” e demonstrar que Aécio Neves ganhou as eleições em 2014 contra Dilma

Jair Bolsonaro afirmou que na próxima semana irá agendar uma apresentação para demonstrar que as urnas eletrônicas não são confiáveis.

PUBLICIDADE

O Presidente afirmou que as eleições de 2014 foram fraudadas, irá provar que o candidato na época Aécio Neves ganhou as eleições mas Dilma do PT venceu, ele afirmou que houve conta irregular de votos.

Segundo o presidente um hacker demonstrou que as eleições de 2014 foi fraudada ele possui uma fotografia dos votos que foram dados a Aécio e Dilma e por meio dessa comprovação é possível descobrir quem ganhou de verdade.

Pela imagem somente Dilma apareceu na frente, a tese será demonstrada no tribunal Supremo eleitoral e irá provar que as urnas podem ser manipuladas.

PUBLICIDADE

O presidente disse que se jogar uma moeda mais de 200 vezes para cima é impossível que ela caia somente de um lado, segundo ele independente da análise do tribunal o que vale é a opinião pública e que não vai aceitar as eleições sem ser auditada.
O presidente afirmou que tem a prioridade para que retorne o papel nas eleições, o modelo nas apurações que são feitas de forma eletrônica, para que não haja nenhuma fraude.

Ele também chegou a afirmar que não acredita que a PEC (proposta de emenda à constituição) seja aprovada na câmara.

PUBLICIDADE

Bolsonaro chegou a afirmar que pode desistir da eleição se não houve mudança e que prefere entregar a faixa ao invés de entrar em uma disputa de uma eleição com urna eletrônica, sendo que ela pode ser manipulada.

 

Jovem é executado ao sair de casa e tem morte celebrada nas redes sociais: “A justiça está sendo feita”

Idoso de 70 anos joga ácido em ex-funcionária pouco após demiti-la