in

Racista podre: Pai e filho negros são impedidos de entrar em carro de app: “Preto não vai entrar aqui”

Patrick Vinícius Gomes de Souza de 25 anos pediu um aplicativo 99, mas ao invés de fazer a corrida o motorista não permitiu que a sua família entrasse no seu carro e usou a frase ‘preto não vai entrar aqui’.

PUBLICIDADE

Ele não permitiu que a família embarcasse, o caso de racismo aconteceu na última sexta-feira (30) em Guará.

A ocorrência chegou a ser registrado na delegacia de polícia do Distrito Federal, a polícia continua investigando o caso.

O pai de dois filhos estava com um filho menor de apenas três anos nos braços quando pediu o carro, chegando ele se deparou com a porta trancada não conseguiu entrar tesavam atrasados para chegar à creche, por isso ele pediu um carro por aplicativo.

PUBLICIDADE

O motorista foi até o local mas recusou levá-los e disse que preto não iria entrar no seu carro, Souza desabafou dizendo que sentiu muita raiva naquele momento e indignação.
Ao longo da vida nunca passou por um momento como esse de racismo sempre é bem tratado em todos os lugares que vai e nunca passou por isso, ficou com muita vergonha por ver que os seus filhos também passaram pela mesma situação.

A empresa em nota informou que lamenta o que aconteceu com o senhor e que tomaram conhecimento do fato, o motorista do aplicativo foi banido.

PUBLICIDADE

Eles entraram em contato com Patrick para oferecer todo apoio necessário e colaborar com as autoridades na investigação.

A plataforma também disse que não tolera atos discriminatórios, o caso foi registrado na delegacia a polícia investiga.

 

Vídeo: Adolescente infrator que fugia da polícia em moto colocando várias vidas em risco, é detido com voadora de PM

Entenda o caso do menino de 7 anos morto pela mãe com medicamento e tem corpo jogado em rio dentro de uma mala