in

Tio suspeito de abuso e feminicídio contra indígena de 11 anos é encontrado morto na cadeia

O tio da menina indígena de 11 anos que foi abusada e jogada do precipício foi encontrado morto na cela na tarde da última quinta-feira, segundo o delegado responsável Erasmo Cubas logo pela manhã os agentes encontraram sem vida na penitenciária Estadual de Dourados, os peritos foram ao local e a causa da morte ainda é desconhecida.

PUBLICIDADE

O juiz Agnel Ricardo Silva da 3ª vara criminal de Dourados decretou a prisão preventiva dos acusados, os dois homens maiores de idade foram levados para o presídio e os adolescentes para unidade Educacional também de Dourados.

A polícia civil do Mato Grosso do Sul informou que os suspeitos haviam se reunido e levaram a garota para um local isolado e abusaram, os dois adolescentes arrastaram a vítima da sua casa forçaram ela a ingerir bebida alcoólica e a levaram.

Após ter cometido abuso jogaram de um penhasco, cometeram abuso diversas vezes a vítima estava pedindo socorro mas como era isolado o local ninguém podia ouvir, posteriormente ela acabou desmaiando.

PUBLICIDADE

Durante o abuso, o tio da menina chegou ao local e em vez de socorrê-la também participou do crime, abusou da adolescente e ajudou a jogar o corpo no precipício.
Segundo informações dos acusados quando a vítima começou a recobrar a consciência voltou a pedir socorro gritava e dizia que ia denunciar a todos, eles então decidiram jogá-la do penhasco para não serem descobertos, a criança foi encontrada já sem vida, todos os acusados responderão por homicídio, feminicídio e estupro.

 

PUBLICIDADE

 

Barbárie: Três adolescentes e o próprio tio de indígena de 11 anos cometem abuso e jogam menina de penhasco

Mãe agride e ameaça matar o filho após flagrar o adolescente abusando sexualmente da irmã de 4 anos