in

Bispo renuncia cargo na Diocese no interior de SP após vazamento de vídeo íntimo

Tomé Ferreira da Silva Bispo da diocese de São José do Rio Preto em São Paulo renunciou ao cargo, logo após um vídeo seu íntimo vazar nas redes sociais.

PUBLICIDADE

Nas imagens que foram publicadas na internet aparece o padre tocando próprio órgão sexual, a CNBB conferência nacional dos bispos do Brasil confirmou a sua renúncia.

O Papa Francisco aceitou o pedido de renúncia, o Bispo e a diocese não quiseram se pronunciar sobre o acontecido.

Segundo informações esse não foi o primeiro escândalo sexual envolvendo o Bispo Dom Tomé ele já foi acusado de abuso de um jovem em 2018.

PUBLICIDADE

A Igreja Católica chegou a abrir uma investigação na época para apurar o caso e chegou a vir um representante do Vaticano ao Brasil para realizar essa investigação e ouvir o rapaz.
A CNBB informou que o lugar do bispo Tomé foi preenchido com o arcebispo de Ribeirão Preto Moacir Silva ele foi nomeado no cargo de bispo.

Nas redes sociais houve muitos comentários a respeito do padre dizendo que já era hora ou de ser expulso ou que ele renunciasse, já havia enfrentado outros escândalos e não poderia estar à frente de uma igreja falando em nome de Deus.

PUBLICIDADE

Provavelmente surgiriam pedofilias seria outros crimes se isso não acontecesse, o lugar dele não é na frente da diocese como bispo e ficam felizes porque ele renunciou, esperam que a justiça continue investigando o caso, se for culpado pelos abusos que ele venha ser preso.

 

Mãe de economista suspeita de ocultar o corpo de dubladora de personagens da Disney, se entrega à polícia

“Inútil há mais de 30 anos”, diz Lula sobre Roger Moreira cantor do Ultraje a Rigor