in

Mãe de economista suspeita de ocultar o corpo de dubladora de personagens da Disney, se entrega à polícia

Eliane Gonçalves Vasconcelos mãe do economista Pedro Paulo Gonçalves Vasconcelos 27 anos entregou-se na delegacia na Barra da Tijuca na última quarta-feira.

PUBLICIDADE

A mulher é suspeita de ajudar o filho a ocultar o corpo da dubladora Cristiane Louise de Paula que foi morta no mês passado.

Segundo a polícia a mulher não declarou envolvimento na morte da dubladora mas ficará presa por 30 dias.

Cristiane foi morta no dia 20 de julho após receber o economista na sua casa no Rio de Janeiro, os dois eram amigos há alguns anos desde que passaram em uma clínica de tratamento tornaram amigos.

PUBLICIDADE

Pedro Paulo estaria passando por uma crise pediu ajuda e Cristiane Alves estendeu a mão e abriu a porta da sua casa.
A justiça autorizou a prisão de Pedro Paulo e no dia 18 a mãe se entregou pois ela é acusada de ter ajudado o filho a ocultar o cadáver, a delegacia de homicídios do Rio de Janeiro está investigando o crime.

O rapaz confessou o assassinato chegou a dizer que cometeu o crime por legítima defesa, mas a polícia refuta tal versão dada por Pedro Paulo e aponta que Eliane sua mãe ajudou a ocultar o cadáver.

PUBLICIDADE

Segundo a polícia a mãe do rapaz foi quem escondeu os restos mortais envolto em plástico e lençol e jogou em uma vegetação em Grumari, o cadáver da dubladora foi encontrado no dia 22 de julho e segundo a perícia a morte aconteceu três dias antes, a dubladora Christiane fazia dublagem de diversas personagens da Disney.

 

Ao lado de Bolsonaro, Silas Malafaia manda recado para o STF: “Povo é o supremo poder, não é a caneta de ministro”

Bispo renuncia cargo na Diocese no interior de SP após vazamento de vídeo íntimo