in

Após 19 dias no hospital lutando pela vida, morre sogro de homem que matou a esposa grávida e a sogra

O sogro do empresário de criptomoedas Ricardo Pinheiro suspeito de ter matado a mulher grávida de 6 meses e também a sogra no início de agosto na cidade de Cônego Nova Friburgo no Rio de Janeiro, morreu na última quarta-feira primeiro do CTI do hospital.

PUBLICIDADE

Wellington Braga de Melo de 75 anos tinha sido atingido por dois disparos de arma de fogo disparados pelo genro, mas conseguiu pedir ajuda.

Ele foi levado para o hospital passou por cirurgia mas infelizmente não resistiu aos ferimentos, Ricardo está preso no hospital penal psiquiátrico Roberto Medeiros mas já possui uma ordem de transferência para o presídio de Bangu.

Até os próximos dias essa transferência deve acontecer, a justiça já julgou que não há nenhuma perturbação mental do suspeito como foi alegado por ele.

PUBLICIDADE

Ricardo está em surto desde o momento que foi preso mas a polícia não acredita que ele tenha qualquer problema mental, o suspeito irá responder por feminicídio da mulher grávida e pelo homicídio do sogro.
Diante do Delegado o homem estava em Pânico alegou que tinha ansiedade e depressão e transtornos mentais, os exames já foram realizados no Hospital Psiquiátrico mas não consta nenhum problema mental.

Os familiares das vítimas esperam que ele seja condenado e pague por toda atrocidade que fez, certamente é um homem frio planejou toda essa barbárie e que ele apodreça na prisão, disseram os familiares que ainda estão em choque e a dor não desaparece pela perda.

PUBLICIDADE

 

 

Maníaco é preso após abusar de idosa de 100 anos: “Moradores ficam chocados”

Menina de apenas 8 anos vê noticia de abuso na TV e denuncia que foi abusada na casa da tia