in

Neto diz à polícia que decapitou o avô e jogou a cabeça na mata para vingar abuso sexual da irmã de 12 anos

Na cidade de Goiânia um jovem de 19 anos é suspeito de matar o próprio avô, ele confessou que motivo de decapitar o avô foi porque ele havia cometido um crime sexual contra a própria irmã.

PUBLICIDADE

A polícia de homicídios está investigando o caso, segundo informação da Polícia Civil o jovem afirmou que o idoso de 82 anos teria abusado sexualmente da irmã de 12 anos durante uma viagem que eles realizaram para o Estado do Pará.

O avô abusou da irmã e retornou as pressas no último domingo (29), o adolescente relatou o que ele havia feito com ela a polícia, o neto ficou extremamente revoltado com o avô e viajou para a cidade de Senador Canedo em Goiás para encontrar o avô e matá-lo.

O jovem 19 anos chegou a questionar o avô porque ele havia feito aquilo ele estava com um facão debaixo da roupa, o garoto conta que foi até o banheiro para refletir se realmente ele ia matar o avô e pensando bem voltou e com o facão já na mão arrancou a cabeça.

PUBLICIDADE

Eles tiveram uma breve discussão e em seguida o golpe, o jovem relatou para polícia que pegou a cabeça do avô colocou dentro de uma sacola plástica e jogou na mata próximo a um córrego.
O jovem afirmou que chamou o motorista por aplicativo e disse que tinha um gato morto dentro do saco e precisava jogá-lo na mata, o corpo decapitado foi encontrado na última terça-feira (31) na sala da casa.

A vítima um idoso de 82 anos Severino Inácio da Silva, o corpo foi encontrado por um vizinho que achou estranho não haver movimentação na casa, a primeiro momento a polícia conversou com o neto como testemunha, mas depois sabendo da história pressionaram o jovem e ele confessou o crime.

PUBLICIDADE

 

Jogo entre Brasil e Argentina é paralisado nos primeiros minutos e cancelado por descumprimento de regra sanitária

Talibã chicoteia e espanca mulheres em manifestação em Cabul: “São violentos, mas não seremos tratadas como escravas”