in

Homem é preso por matar colega de quarto, cortar seu pênis e arrastar o corpo para a praia após recusar sexo

Na última quinta-feira (9) um homem de 49 anos foi preso por decepar o órgão genital de um rapaz matá-lo e arrastar o corpo até a praia em Itanhaém litoral de São Paulo.

PUBLICIDADE

A polícia civil fez a prisão do homem em São Vicente na última quinta-feira, os policiais da delegacia de investigação de Itanhaém prendendo o suspeito na Avenida Marquês de São Vicente.

Segundo os policiais o crime aconteceu no dia 28 de agosto, o homem estava foragido desde então o corpo da vítima um homem de 56 anos foi encontrado na areia com sinais de violência espancamento no pescoço e no tórax, havia diversos ferimentos e estava com o órgão genital decepado.

Os policiais Parque central começaram uma investigação e na casa do suspeito foram encontrados manchas de sangue e dentro de uma panela estava o órgão genital da vítima.

PUBLICIDADE

Abriu se um inquérito requerido pelo Poder Judiciário para a prisão temporária do suspeito, na última quarta-feira ele foi localizado e na quinta-feira aconteceu a prisão.
Ele contou aos policiais que dividia o quarto com a vítima os dois estavam usando droga e a vítima tentou ter relação sexual com ele, recusou e acabou brigando ele matou o homem e cortou o órgão genital.

Ele tentou se desfazer do corpo mas não conseguiu por isso pegou o corpo e jogou na praia, Segundo a polícia o suspeito tem antecedentes criminais por roubo, furto, ameaça, lesão corporal e foi levado para a delegacia também no litoral paulista.

PUBLICIDADE

 

Menina de 6 anos morre 22 dias após realizar sonho de ver os pais se casarem

Pastor é obrigado a casar com cadáver após noiva morrer durante aborto forçado por ele