in

Adolescente mata o pai enforcado em árvore e diz que estava cansado de sofrer violência em casa e ver a mãe sendo agredida

A polícia militar de João Pinheiro noroeste de Minas Gerais levou apreendido um adolescente de 16 anos acusado de matar o próprio pai.

PUBLICIDADE

Ele confessou o assassinato e disse que estava cansado de sofrer violência por parte do pai, disse que o teria ameaçado e batia na ex-mulher o irmão do homem de 47 anos que encontrou o corpo amarrado pelo pescoço e uma árvore próximo ao ajuntamento de terra na zona rural da cidade de João Pinheiro.

O irmão da vítima disse a polícia militar que estava tentando apagar o fogo na mata quando viu o cadáver, no início ele pensou que o homem tinha se matado mas depois percebeu que havia violências que não condiziam com o suicídio.

A polícia passou a investigar e chegaram no filho da vítima, ele foi levado para a delegacia e lá ele assumiu e confessou que matou o pai, o adolescente contou que alguns dias a mãe saiu de casa para morar com o avô e o próprio jovem deixou a residência para morar com um tio por causa da conduta do pai.

PUBLICIDADE

Ele era muito violento usava drogas bebia e agredia a todos muitas vezes a mãe e ele, se sentia incapacitado que iria proteger a mãe e por isso acabou cometendo o assassinato.
O pai o havia acusado de ser culpado pelo fim do relacionamento estava bêbado estava segurando um facão na mão e ameaçou o adolescente, quando ele viu o pai saindo do pasto jogou o carro pra cima dele e caiu inconsciente.

O adolescente então o arrastou amarrou na árvore, o adolescente foi apreendido o veículo usado foi apreendido para realizar perícia e o garoto ficará à disposição da Justiça.

PUBLICIDADE

 

Gêmeos de dois anos caem do décimo andar enquanto mãe estava fazendo live

Vídeo mostra passageiros em desespero pulando pela janela de ônibus logo após acidente que deixou seis mortos na Dutra