in

Mulher deixa cachorro em pet shop para tomar banho e em duas horas recebe o animal morto

A morte de um animal de estimação é sempre muito dolorosa para a família, principalmente quando se dá em um animal jovem e saudável e sem causa aparente para tal fato, por isso é importante sempre um acompanhamento veterinário e uma boa escolha de clínica para banhos e tosas se esse for o caso.

PUBLICIDADE

Flock era um Lulu da Pomerânia sendo levado por sua dona a uma conceituada clínica para banho e tosa como de costume, mas o pior aconteceu e os responsáveis não sabem explicar o motivo do falecimento do cãozinho.

Larissa Marques, dona do cachorro conta que deixou o animal na clínica e após duas horas recebeu uma ligação dizendo que ela precisava ir até o local, pois havia acontecido uma intercorrência durante a secagem dos pelos de Flock.

Os donos foram até a clínica onde constataram que o cachorrinho da família havia morrido, o veterinário do local disse que não sabe dizer o porque aconteceu, mas que fizeram tudo possível para salvar a vida do cão.

PUBLICIDADE

O veterinário ainda disse que durante o banho correu tudo como previsto, mas que durante a secagem o cachorro desmaiou e foi levado para sala de emergência, notaram estar hipotenso, foi feita animação, mas não foi possível.

A dona do animal pediu a autópsia do corpo para saber o porquê do acontecido e fez um boletim de ocorrência contra a clínica, estes também registraram junto a polícia o fato de a dona do animal ter quebrado diversos itens no estabelecimento quando soube do ocorrido.

PUBLICIDADE

 

Professora corta cabelo de criança sem autorização e pai quer 1 milhão de indenização

Bebê com ‘ossos de vidro’ morre aos 11 meses após infecção, pneumonia e parada cardiorrespiratória; mãe alega negligência médica