in

Confiei no pastor ele aproveitou e abusou da minha filha com transtornos mentais, diz mãe

Uma mãe falou sobre um abuso que aconteceu com a sua filha de 11 anos e sobre o suspeito que se ofereceu para ajudá-la quando passava por um momento de transtorno na vida.

PUBLICIDADE

A mãe disse que a filha de 11 anos foi estuprada pelo pastor e psicólogo Antônio Carlos de Jesus, ela conta que frequenta a igreja do Pastor e ele ofereceu para cuidar como psicólogo ela aceitou ajuda e ele passou a realizar os tratamentos com a filha.

O nome de mãe e filha não foi publicado e desabafa que se sente muito transtornada, abalada, com raiva triste, todos da família depositaram confiança no pastor que se aproveitou da filha que possui problemas mentais.

PUBLICIDADE

Realmente justiça é algo terrível porque todas as pessoas ainda defendem o pastor, Antônio Carlos é pastor da Primeira Igreja Batista de Vila Kennedy Zona Oeste do Rio de Janeiro, ele foi acusado de abuso contra menina de 11 anos.

O Ministério Público do Rio de Janeiro está investigando o caso, os abusos aconteceram contra a menina em novembro de 2020 até abril deste ano, eles aconteceram dentro do consultório do religioso.
O caso foi revelado por mídias sociais e o Ministério Público investiga as denúncias contra o pastor, a mãe chegou a dar alguns detalhes sobre o que a filha passou, ela disse que a menina perguntou para o seu pai, o avô que é estupro e ele explicou que é quando um homem pega uma mulher à força, ela então explicou que queria saber porque o pastor havia encostado atrás dela e esfregado.

PUBLICIDADE

O avô ficou muito assustado não estava acreditando, na próxima consulta a menina saiu falou com a mãe que o pastor beijou seu pescoço e passou a mão no seus seios, ela ainda contou que ele colocou a menina sentada no seu colo.

A família denunciou o pastor a ação está na segunda vara criminal de Bangu, a mãe disse que após os abusos o transtorno da filha piorou muito, a primeira Igreja Batista em nota informou que repudia qualquer tipo de crime e aguarda a decisão da justiça.

 

Tarado do Parque: Maníaco condenado a 25 anos de prisão dopou e abusou sexualmente de 13 homens

No meio da festa mais um vídeo de casal fazendo sexo no lago de Palmas viraliza