in

Padre é preso suspeito de desviar mais de 600 mil de doações para famílias carentes, para gastar com orgias, drogas e perversões

Um padre de 40 anos foi preso suspeito de desviar mais de r$ 600 mil dos Fundos da igreja para gastar com orgias em uma casa de prostituição.

PUBLICIDADE

Segundo informações do The Times, o sacerdote está em prisão domiciliar as autoridades italianas prenderam Francisco Agnese de 40 anos, ele é acusado de usar drogas, de desviar milhares de reais da igreja e gastar com diversas orgias, com prostitutas e drogas nos últimos dois anos.

Segundo o jornal o padre sempre se envolveu em festas, elas aconteciam no apartamento ou em casas de show e havia traficantes de drogas e muitas pessoas, até mesmo homossexuais participavam dessas festas.

Segundo informações da Polícia, as festas aconteciam semanalmente de grandes grupos de 20 a 30 pessoas, as investigações começaram a partir do momento que vizinhos reclamaram das festas no apartamento do padre.

PUBLICIDADE

A polícia chegou a encontrar no apartamento do padre um ácido gama-hidroxibutírico que é uma substância conhecida como ‘droga de estupro’, esse material é usado por pessoas que desejam realizar violências sexual, ela desacorda a pessoa.
Durante essas buscas realizadas pela polícia na casa do padre foi encontrado mais de r$ 600 mil e seria supostamente arrecadado das coletas da igreja, era para ser usado com pessoas pobres, família de baixa renda, mas o padre gastava com prostituição e drogas, o padre confessou que tinha dependência química e que gastava todo aquele dinheiro com orgias.

 

PUBLICIDADE

Bolsonaro fala sobre energia e gasolina e pede ajuda aos brasileiros: “Tomem banho frio e diminua o ar-condicionado”

Polícia prende 29 suspeitos de estupro coletivo contra uma adolescente de 15 anos; a menina foi levada para vários locais