in

Mãe recebe diagnostico do filho após exame de ultrassom “Meu filho não anda e nem consegue sustentar a cabeça”

Durante a gravidez é muito importante que a mãe faca o pré-natal de forma cuidadosa, alguns exames são essenciais para descobrir problemas no feto que podem ou não ser corrigidas durante a gravidez.

PUBLICIDADE

Karina Elisiario mora em São Paulo e quando esteve gravida de seu filho Kennedy fez todos os exames e consultas previstas no pré-natal e durante um deles descobriu que a criança tinha hidrocefalia.

A doença ocorre quando existe um acumulo grande de líquido no cérebro, na época a família não tinha muito recurso ela havia acabado de perder um bebe aos seis meses de gravidez e estava se separando do marido.

Kennedy nasceu com sete meses e prematuro precisou ir para UTI onde ficou por 18 dias e além da hidrocefalia ainda foi diagnosticado com toxoplasmose e meningite bacteriana, um dreno foi colocado na cabeça do pequeno para ajudar a retirar o excesso de líquido e foi então dado alta para a criança que aos 11 meses precisou voltar para o hospital com meningite novamente.

PUBLICIDADE

Segundo Karina dessa vez o filho ficou 90 dias internado e foi ainda mais difícil, hoje com 11 anos, Kennedy tem acompanhamento de diversos médicos e especialistas, não anda e não consegue segurar a cabeça, sozinho, antes da pandemia fazia fisioterapia em uma faculdade, mas agora devido à paralisação está fazendo tudo de casa inclusive os trabalhos enviados pela escola que ele frequenta.

 

PUBLICIDADE

Vídeo: Tempestade de areia fenômeno comum na Ásia atinge interior de São Paulo e transforma dia em noite

Após uma longa batalha, jovem com câncer que mobilizou mais de 170 a doarem sangue não resiste e morre: “Ela lutou bravamente para viver”