in

“Sentei a mão nela, tô preso” escreveu estudante de medicina depois de agredir ex-namorada

A estudante Gabriela Campos Duarte de 22 anos publicou um vídeo onde a jovem pede ao ex-namorado José Flávio Carneiro dos Santos de 27 anos para se afastar, pede para ele sair de perto, não encostar mais nela quando estava sendo agredida.

PUBLICIDADE

As agressões aconteceram dia 23 de setembro o rapaz foi preso em flagrante foi liberado após pagar fiança de r$ 5.000.

O caso chegou a repercutir porque Gabriela publicou nas redes sociais as gravações, até a última quinta-feira o post tinha registrado mais 18.000 reações, manifestações e comentários sobre o ocorrido.

PUBLICIDADE

Quando José Flávio estava na delegacia chegou mandar uma mensagem para um amigo dizendo que bateu mesmo sentou a mão e estava na delegacia preso.

O advogado de defesa de José disse que lamenta o que acorreu e diz que o fato se trata como Pontual, o advogado de José disse que foi publicado nas redes sociais pode ser tratado com uma promoção.
Mas Gabriela após ouvir a nota disse que não faz sentido nenhum alguém fazer algo assim com sentido de promoção, não há promoção ela estava fazendo agredida porque estava com medo era uma vítima não é o contrário.

PUBLICIDADE

Muitas pessoas não tem coragem de falar sobre o assunto é lamentável que alguns advogados fazem esse tipo de comentário, a ocorrência foi registrada na última quarta-feira (29).

Gabriela contou que José tinha muita crise de ciúmes, ela recebeu uma mensagem de um amigo e José começou a agredi-la e jogava o carro em cima de outros carros e puxava o seu cabelo, obrigava ela a fazer sexo oral e batia a cabeça no vidro e gritava que queria lhe matar, ela estava muito assustada e achou que não sairia viva daquele lugar.

 

Jovem afirma que aos 12 anos sofreu abuso do médico ginecologista: “Me deitou na maca, mexeu lá e me mostrou quadrinho pornô”

Jovem recebe bilhete para não andar de sutiã em sua casa: “somos evangélicos tenha decência”