in

Duas mulheres com a ajuda da população espanca homem até a morte após falsa acusação de estupro

A polícia aprendeu duas mulheres suspeitas de matarem Miguel Inácio Santos de 49 anos, informações da Polícia Civil o homem foi espancada até a morte pelas mulheres e moradores de Costa Dourada na Grande Vitória.

PUBLICIDADE

A polícia prendeu Bruna de 26 anos e Lucinéia Pereira de 50 anos, o crime aconteceu no dia 22 de setembro mas só foi divulgada na coletiva de imprensa da polícia nesta última quinta-feira 28.

Daniel Fortes disse que a vítima teria realizado um programa agendado um programa com Bruna não tinha combinado o valor, descordando sobre isso houve uma discussão as mulheres cobravam pelo programa.

Com isso o homem voltou para tirar satisfação e jogou uma pedra na janela da casa onde estava as mulheres.

PUBLICIDADE

Bruna e a mãe saíram na rua e discutiram com homem acusaram ele de estuprador, revoltada a população atacou o homem, ele tentou fugir mas Bruna e a mãe seguraram e começaram a gritar chamando de estuprador que havia mexido com duas crianças no bairro então espancou ele até a morte.
A mãe e Bruna chegou a usar uma enxada e uma madeira, a polícia diz que o homem era inocente trabalhador não tinha praticado nenhum erro, foi uma mentira imposta a população, por isso delegado diz que não se pode fazer justiça com as próprias mãos se é verdade ou não deixe nas mãos da polícia para que a justiça realmente seja feita.

 

PUBLICIDADE

Mãe posta vídeo de bebê se afogando para alertar outros pais e sofre ataques na internet “Ela deveria ter morrido”

Bebê de 6 meses é encontrado morto em caixa de sapatos; tristeza e revolta