in

Para que sua esposa não descobrisse traição, pastor e amante de 20 anos matam bebê recém-nascido com golpes de garfo e jogam corpo em bueiro

 

PUBLICIDADE

A maldade humana tem ultrapassado o nível da insanidade mental do ser humano e a cada notícias envolvendo crianças algo mais aterrorizantes tem deixado as pessoas de bem completamente assustados.

Dessa vez a polícia do Ceará prendeu um pastor de 36 anos envolvido em assassinato do próprio filho recém-nascido. O homem teria se envolvido em um relacionamento extraconjugal com uma jovem de 20 anos que acabou engravidando dele.

Com medo de que sua esposa descobrisse a traição o pastor ao saber que a jovem estava grávida pediu a ela que tirasse a criança, mas mesmo tomando a substância abortiva o aborto não aconteceu e a jovem teve um parto prematuro dentro de casa.

PUBLICIDADE

O bebê nasceu com 8 meses e foi aí que um plano diabólico e maquiavélico foi colocado em ação. Juntamente com sua amante o pastor tirou a vida do bebê recém-nascido que era seu filho.

De acordo com informações da polícia o bebê foi sufocado e depois levou vários golpes com um garfo em seu pescoço e depois já sem vida seu corpo foi jogado em um bueiro.O pastor teria ajudado a esconder o corpo da criança na casa onde o bebê nasceu para no dia seguinte jogar o corpo do bebê já sem vida em um bueiro.

PUBLICIDADE

Populares ao saber do crime terrível invadiram a casa do pastor que morava em cima da igreja e saquearam tudo, a igreja também e incendiaram a Kombi do pastor. Ele foi preso juntamente com a amante e os dois irão responder por homicídio é ocultação de cadáver e deve passar um bom tempo na prisão.

 

Leo, filho de Marília vai ter a guarda compartilhada entre o pai e a avó ‘É a vontade dela’

Fotos do corpo de Marília Mendonça são falsas segundo assessoria de imprensa da cantora