in

Mulher que foi estuprada pelo pai desde os 7 anos conta detalhes “quatro vezes por semana”

O  trauma sofrido na infância fica gravado para toda a vida, uma mulher que foi abusada por seu pai durante a infância contou em um tribunal durante a audiência como tudo acontecia, ela deu detalhes e chocou todos que assistiram.

PUBLICIDADE

A identidade dos dois não foi revelada para serem protegidos, ela contou então que a primeira vez que foi estuprada tinha 7 anos e na maior parte das vezes tudo acontecia em sua própria cada em Dublim.

O abuso aconteceu durante 16 anos e o homem disse ser culpado, ele foi acusado de estupro oral e agressão sexual, apesar disso, o advogado de defesa apresentou a sua esposa e filhos que deram depoimentos a seu favor, ele ainda foi descrito como “pai fantástico”.

A denúncia aconteceu em 2016 quando a mulher contou o ocorrido para a polícia, contou ainda que seu pai gravava o áudio e ameaçava edita-los para que quando as pessoas ouvissem, chegassem a conclusão de que ela estava gostando do que estava acontecendo.

PUBLICIDADE

Aos 7 anos o estupro foi oral mais tarde aos 12 anos tudo ficou pior já que sua mãe saia para trabalhar e o pai ficava em casa cuidando de tudo, os abusos aconteciam até 4 vezes por semana nessa época, aos 18 anos ele fazia fotos pornográficas e ameaçava mostrar para as pessoas.

O pai da menina dizia-lhe que todos os seus amigos tinham esse tipo de relacionamento com as cilhas e que era normal, tido como “relacionamento especial”, mas ela não devia contar nada para ninguém, pois era para protege-la.

PUBLICIDADE

A defesa alega que o homem passou por muitos traumas na infância e violência física e sexual, após a acusação ele começou a se tratar e teve melhoras, a sentença será dada no próximo dia 23.

 

Pastor Valdemiro diz que vai demitir e terceirizar funcionários em meio a greve

Eclipse lunar parcial, o maior do século, será visto no Brasil nesta sexta-feira