in

Mulher é vítima de estupro dentro de próprio estabelecimento; suspeito foi filmado

A Polícia Civil do estado de Minas Gerais realiza buscas na intenção de encontrar um homem suspeito de estupro contra uma microempresária de 27 anos de idade, o qual aconteceu dentro de seu próprio estabelecimento, uma loja que fica em Santa Rita do Sapucaí, na região sul do estado.

PUBLICIDADE

O crime ocorreu no dia 11 de novembro, e foi flagrado por câmeras de segurança que filmaram também o suspeito.

Fernanda Aparecida da Silva relatou que o homem entrou na loja por volta das 10h, dizendo que procurava uma camisa para comprar.

Durante o atendimento, em um momento, o homem obrigou Fernanda a entrar em um provador de roupas e ali, cometeu o crime. Ela relata ainda que no momento estava sozinha na loja.

PUBLICIDADE

Encurralada naquela situação, ela disse que o homem estourou o botão da calça dela, mas que conseguiu impedir que o mesmo avançasse ainda mais no crime ameaçando gritar por ajuda.Depois que cometeu o ato criminoso, o homem saiu do estabelecimento com calma, como se não tivesse acontecido nada, assim como nas imagens. A tentativa criminosa do homem durou cerca de dois minutos.

“Chegou perguntando se havia camisa masculina, respondi sim e separei umas para ele. Conversou comigo de forma normal, como um cliente mesmo. Mas, do nada, apontou os dedos para o provador e me disse para entrar”, relata Fernanda.

PUBLICIDADE

“De início eu achei que fosse um assalto, mas aí ele falou para que eu descesse as calças. Eu falei não e ele puxou o botão. Em seguida tentou pôr a mão dentro da minha calcinha, mas na segunda tentativa ele conseguiu. A partir daí decidi reagir, soquei o peito dele e ameacei que gritaria”, disse ela em entrevista que concedeu ao UOL.

A microempreendedora denunciou o crime no mesmo dia. A PM (Polícia Militar) pegou as imagens da câmera de segurança. Eles fizeram diversas rondas na região e não encontraram o suspeito. As buscas pelo criminoso continuam.

 

 

Mulher é presa por cortar órgão genital de homem que tentou estuprá-la

Pastor Valdemiro diz que vai demitir e terceirizar funcionários em meio a greve