in

Mãe acusa professor de bater na cabeça de seu filho de 6 anos com um grampeador

Cuidar de crianças é algo muito difícil, trabalhar com elas então é mais desafiador ainda já se trata de cuidar e ensinar filhos de outras pessoas com personalidades diferentes e ensinamentos diferentes.

PUBLICIDADE

Para trabalhar nessa área a pessoa deve se mostrar alguém responsável integro e eu tem paciência e amor por todas elas, gostar do que faz, é algo imprescindível e deve ser considerado já que na maioria das vezes os salários não são tao atrativos como deveria ser.

Na Geórgia, cidade de Atlanta uma mãe passou por uma experiência muito desagradável onde precisou levar o filho ao médico após uma aula com um professor substituto, ela contou que a ao buscar a criança notou algo estranho e correu para o hospital.

Rosie Onwuneme já tem o  costume de buscar o filho de 6 anos na escola diariamente porem neste a criança reclamava de muita dor na cabeça o que para ela era incomum sendo assim levou o menino ao médico sendo contatada uma concussão.

PUBLICIDADE

A acusação é de que o professor teria acertado a criança com um grampeador, Rose em entrevista disse que tudo aconteceu no dia 1° de novembro e ele chorava muito, ela ainda diz que ele era uma criança alegre e agitada agora está muito assutado.

A escola afastou o professor ate a investigação terminar e disse que está cooperando com tudo possível, além disso, ainda declarou que a segurança dos alunos é a prioridade para todos que trabalham na instituição.

PUBLICIDADE

 

Mulher que desapareceu depois de sair com carro da empresa é encontrada morta em Itapetininga

Mulher descobre que sua sarda ‘fofa’ em formato de coração na verdade se trata de um câncer muito agressivo