in

Idoso é preso por pendurar cachorro em varal

Um idoso de 63 anos de idade, foi detido por maus-tratos depois de ter feito a postagem de um vídeo, no qual mostra um cão pendurado em um varal. O caso aconteceu nesta quinta-feira na cidade de Apucarana, localizada no norte do Paraná.

PUBLICIDADE

O homem teria mergulhado o animal em um balde e em seguida o pendurado, como forma de punição ao pequeno poodle por este ter fugido.

No vídeo, o qual o homem compartilhou em grupos de mensagens, o idoso prendeu o pescoço do cachorro, amarrando-o a uma corda preta. O cãozinho treme de frio.

PUBLICIDADE

Uma denúncia foi feita, de forma anônima à uma ONG de proteção a animais da região, a qual informou ao Centro Municipal de Saúde Animal da cidade sobre o caso, com fins de que o cachorro fosse salvo pela Guarda Civil Municipal (GCM).

Quando os guardas chegaram ao local, o cachorrinho permanecia ainda amarrado no varal. Depois que recebeu os cuidados da ONG, o poodle, cujo o nome é Dobby, está muito saudável e será encaminhado para adoção.O comandante da GCM, Alessandro Carletti, quem fez o atendimento da ocorrência, disse que o homem confessou que puniu o cachorro por ele ter fugido e voltado todo sujo de lama, além de confessar a postagem do vídeo.

PUBLICIDADE

– Ele colocou o cachorro em um balde de água fria e em seguida o amarrou no varal. Ele confirmou que postou o vídeo em um grupo, além de inventar citações bíblicas com o nome dele, disse.

“Quando chegamos lá, ele começou a querer reagir, e se dirigiu a equipe com diversos palavrões, mas o contemos e o levamos para a delegacia – relatou. Ele vai responder por maus tratos”, disse ele.

Dentre os versículos que ele criou, tinha “não fugirás e não serás lavado e pendurado” e “se não cumprirdes os meus mandamentos serás castigado com fome, sede e serás pendurado de cabeça para baixo para que aprenda”.

Além de criar os versículos, o homem ainda criava a localização e o número dos versículos, e até mesmo usar o próprio sobrenome para representar o livro. No celular do homem, havia outros vídeos que mostra que o animal já foi mutilado em outras ocasiões, e devido a isso, o cãozinho passou por muitos exames.O diretor do Centro Municipal de Saúde Animal, informou que Dobby está com muito medo e assustado, mas é muito amigável. “Estamos tratando muito bem dele, e logo poderá ser adotado. Está muito assustado, mas é muito dócil”, informou.

 

 

Mulher descobre que sua sarda ‘fofa’ em formato de coração na verdade se trata de um câncer muito agressivo

‘Youtuber’ morre durante live após comer lagartixas e insetos