in

Reação de uma mãe ao descobrir que seu filho fazia bullying com um colega, é das melhores possíveis

Todos os pais e mães concordam, sem sombra de dúvida, que uma das partes mais fundamentais na criação dos filhos, é ensina-los a respeitar o próximo apesar de suas diferenças e jamais partir para a violência.

PUBLICIDADE

Mas também investir em seu lado instintivo, para que aprenda a se defender nesse mundo. Então, quando o filho de 7 anos, dessa mulher da qual estamos falando, disse que um pai de seu colega o teria chamado a atenção, ela se mostrou indignada.

Ela, em um vídeo, explicou que o filho teria dito que esbarrou ‘de forma acidental’ em seu colega e derrubado os óculos do mesmo no ônibus da escola.

Ela perguntou ao garoto se era de fato verdade tudo aquilo que ele disse, e ele manteve firme sua versão. “De fato acreditei em tudo o que ele me contou, e fiquei bem irritada que um pai de um colega do meu filho se visse no direito de xinga-lo”, comentou ela.

PUBLICIDADE

Ela então pensou que fosse melhor ir perguntar para o motorista do ônibus o que teria acontecido antes de tirar satisfação com o tal homem.A versão que o motorista contou foi totalmente diferente da de seu filho. “Naquele momento o meu coração se partiu em vários pedaços. Ele começou dizendo que o outro menino é mais gordo e, portanto, demora mais que os outros para descer do ônibus”, continuou.

“Ele me disse que meu filho vinha atrás desse outro garoto, e o empurrava pelo corredor para que andasse mais depressa. O garoto então falou para o meu filho, que estava andando o mais rápido que conseguia, e meu filho arrancou os óculos do rosto do outro e os jogou na parte de trás do ônibus”, disse a mãe do menino.

PUBLICIDADE

Imediatamente quando soube, ela levou seu filho a casa do outro menino para que pedisse desculpas. Ali ela descobriu que o pai do menino não o xingou nem ameaçou, e sim perguntou com tranquilidade por que ele teria feito o que fez com seu filho.

Para resolver o ocorrido da melhor forma, os dois pais reuniram seus filhos em uma brincadeira depois da escola. Diversos outros pais elogiaram a forma como esta mulher resolveu a situação, com calma e decidida a ver os dois lados da moeda.

 

Mãe relata que filho deficiente disse a ela que ‘Queria ir para o céu por que aqui dói muito’

Criança ganha título do quarto mais bagunçado do país