in

Pesquisadores acreditam que nova variante da covid-19 encontrada na África será uma das piores

É bem provável que nesta sexta-feira (26), a OMS, dê um codinome grego para uma nova variante do corona vírus, a qual foi detectada pela primeira vez na África do Sul, e é a que apresentou um maior número de mutações.

PUBLICIDADE

O fato é que ainda não se pode afirmar o nível de transmissão e periculosidade da variante B.1.1.529. Isto se deve, porque ela só foi registrada em uma província da África.

Porém, um pesquisador a classificou como sendo “horrível”, e um outro afirmou que essa variante é a pior até agora.

Em uma reportagem concedida, o professor Tulio de Oliveira, diretor do Centro para Resposta Epidêmica e Inovação, que fica na África do Sul, disse que nela, foram detectadas 50 mutações no total, e outras 30 na proteína spike (considerada a porta que o vírus usa para entrar nas células).

PUBLICIDADE

Ele afirmou que a variante tem uma gama muito grande e anormal de mutações, e se difere muito das outras anteriormente detectadas.Até o momento, cerca de 77 casos foram confirmados na Província de Gauteng, na África do Sul; outros 4 casos em Botsuana; 1 em Hong Kong (pessoa que viajou a África do Sul) e 1 em Israel (o mesmo caso).

Esta variante em especifico, traz com ela uma grande preocupação em particular, quando voltamos a atenção para o lado da imunização, pois as vacinas que foram desenvolvidas, miravam na cepa primária do coronavírus.

PUBLICIDADE

O simples fato dessa variante possuir diversas mutações, pode ser um indício de que as vacinas não funcionem como o esperado, se for o caso de os infectados com essa variante já terem sido vacinados, é claro.

Mas, vale ressaltar também que somente 24% da população da África do Sul foi completamente vacinada até o momento, o que faz existir a possibilidade dessa variante não ter força em países onde a vacinação esteja mais avançada.

 

Homem pedala 1400km para participar de formatura do filho no exército

Homem é morto depois de ser flagrado beijando criança em barco