in

Mulher em SP é diagnosticada com doença rara que afeta o equilíbrio e pode parar o coração

Uma doença rara que afetou consideravelmente o equilíbrio e ameaça parar o coração de Vanessa Bonança, de 41 anos de idade, a qualquer instante. Ela, que é portadora da rara ataxia de Friedreich, a aposentada está buscando sempre estar se movimentando a fim de evitar que a doença progrida.

PUBLICIDADE

A patologia neurodegenerativa atinge, principalmente, a parte de movimentação do corpo, a fala, e também pode afetar o coração, ossos e células no pâncreas responsáveis pela produção de insulina.

Conforme a doença vai se agravando, diversas deformidades nos ossos podem ir surgindo, além da perda de sensibilidade nos membros, problemas relacionados a visão, coração e diabetes.

Vanessa, que atualmente mora em , no litoral de São Paulo, disse em reportagem ao g1 que soube que tinha a doença quando tinha 20 anos de idade, mas que desde os 17 anos ela já apresentava os primeiros sintomas. “Eu ficava sempre tonta e tinha de arrastar minhas pernas para me locomover”, relatou.

PUBLICIDADE

“Relutei [para encontrar um médico], pois eu achava ser algo relacionado ao espiritual, ou que era loucura da minha cabeça. Parecia que alguém estava me empurrando e assim eu perdia meu equilíbrio e tinha medo de tentar andar”, explicou.De acordo com ela, o diagnóstico não tardou, e desde o começo, ela era alertada pelos médicos da gravidade dessa doença. “Basicamente, destrói a pessoa aos poucos, trava tudo, especialmente para pessoas sedentárias, que não praticam nenhum tipo de exercício”, contou ela.

Ela atualmente pratica muay thai para nunca ficar parada. A ataxia já atingiu seus membros inferiores, e isso fez com que ela precisasse de cadeira de rodas. Além disso, os pés de Vanessa ficaram deformados em decorrência da contração dos músculos.

PUBLICIDADE

 

Ônibus da dupla Israel e Rodolfo famosa pelo hit “batom de cereja” se envolve em acidente

Cachorro que matou criança de 11 anos na Grande BH pertencia a tia da vítima