in

Criança heroica; Menino de 11 anos salva duas pessoas no mesmo dia

Herói em dose dupla. Uma criança de apenas 11 anos de idade, de Oklahoma, Estados Unidos, recebeu uma homenagem no dia 15 de dezembro, por ter salvo a vida, não somente de uma, mas de duas pessoas no em um só dia.

PUBLICIDADE

Davyon Johnson foi condecorado membro honorário tanto do gabinete do xerife de sua cidade, quanto da força policial, além de ter recebido reconhecimento do conselho de educação de sua cidade natal, Muskogee, que fica a uma distância de 80 quilômetros a sudeste de Tulsa.

“Davyon fez o procedimento de Heimlich em um de seus colegas de classe, no dia 9 de dezembro e naquela mesma noite, ajudou uma mulher a escapar da casa dela em chamas”, informou o Gabinete do Xerife do Condado de Muskogee, sobre os atos heroicos do garoto.

PUBLICIDADE

A manobra de Heimlich é uma manobra de primeiros socorros, a qual consiste em fazer compressões abdominais em uma pessoa que está passando por um sufocamento.

Da mesma forma, a Escola Pública de Muskogee publicou diversas fotos também no Facebook as quais mostravam Davyon com seus prêmios de reconhecimento. “Me senti bem demais, estou muito animado”, contou ele depois que ganhou os reconhecimentos.Davyon Johnson estava na escola, no momento em que um de seus colegas abria uma tampa de uma garrafa de água com a boca e acabou engasgando com ela.

PUBLICIDADE

“Davyon foi imediatamente e realizou o procedimento de Heimlich”, contou a diretora da escola Latricia Dawkins em uma reportagem. No momento da realização da manobra, a criança cuspiu a tampa e foi salva.

Algumas horas depois disso, o menino avistou uma senhora deficiente, tentando escapar de um incêndio na casa dela. Ele sem pensar duas vezes, correu para ajudar ela a sair da garagem e entrar no carro. “Eu pensei o seguinte: ‘Ela não está andando rápido o suficiente para escapar’. Então, corri e atravessei a rua e ajudei ela a entrar no carro”, relatou Davyon.

 

Homens encapuzados deixam 6 mortos e 5 feridos em festa de natal em Fortaleza

Entenda por que em alguns casos, os sintomas graves da Covid-19 só surgem quando ela vai embora