in

Idoso morre depois de cair em vulcão em área fechada no Havaí

Um homem que morava na cidade de Hilo, localizada no Havaí (EUA), acabou morrendo aos 75 anos de idade, depois de ter caído no vulcão Kilauea. O fenômeno natural tem sua localização dentro do Parque Nacional dos Vulcões do Havaí, em uma área que é proibida a qualquer pessoa.

PUBLICIDADE

De acordo com um comunicado feito pelo Serviço Nacional de Parques, o qual foi enviado para a revista People, o idoso morreu no fim da noite deste último domingo, dia 2. Membros da família do homem haviam informado as autoridades, sobre o desaparecimento do idoso na madrugada desta última segunda-feira, dia 3.

Com a informação, os guardas florestais e os bombeiros do local deram início as buscas pelo idoso, que até o momento não teve divulgada a sua identidade.

O corpo do homem foi recuperado por volta das 8 horas da manhã da segunda-feira, depois de se passarem várias horas de trabalho no escuro, com a ajuda de um helicóptero.

PUBLICIDADE

O Serviço Nacional de Parques trouxe a informação á People que, o corpo do homem foi encontrado a cerca de 30 metros abaixo de uma borda da cratera do vulcão. Segundo eles, essa região é frequentada por turistas que querem observar o cume do vulcão.A morte do homem de Hilo está recebendo investigação por parte do Serviço Nacional de Parques. No ano de 2018, o vulcão Kilauea foi caracterizado como sendo o mais perigoso do território americano, de acordo com a US Geological Survey. No mês de setembro do ano passado, o Kilauea acabou entrando em erupção, provocando massas de fumaça na região.

 

PUBLICIDADE

Menino é baleado no réveillon, não sente ferimento próximo ao coração e continua brincando em SP

Cachorro que vendia doces para pagar cirurgia morre atropelado