in

Jornalista agredido entra no ar ensanguentado e denuncia agressão

A violência urbana e os ataques de ódio não tem fim. Dessa vez, a população da cidade de Garibaldi, no Rio Grande do Sul, foram surpreendidos quando o jornalista Daniel Carniel, entrou no ar, ensanguentado e denunciou o crime de agressão.

PUBLICIDADE

De acordo com o jornalista ele foi vítima de um atentado. A boca e o nariz dele estavam visivelmente ensanguentados. Ele disse que havia um homem desconhecido esperando por sua chegada, e quando confirmou sua identidade deu início as agressões.

O homem chegou a questionar quem era o jornalista Daniel, e assim que ele respondeu às agressões tiveram início. O jornalista foi jogado dentro do hall de entrada do prédio em que trabalha.

O homem desferiu inúmeros chutes. De acordo com o jornalista o agressor afirmou que as agressões eram pelas denúncias que ele estava fazendo.

PUBLICIDADE

O jornalista que não conseguia levantar do chão para se defender, defendeu apenas a cabeça para evitar maiores danos diante das agressões. O jornalista afirmou que recebeu um aviso para que ele começasse a cuidar um pouco mais de sua segurança.Diante da situação, a Brigada Militar foi até o local. Sendo assim, um inquérito foi aberto para apurar este crime e elucidar o que pode ter motivado um ato tão violento como este. O jornalista foi medicado e está passando bem, estando assim fora de qualquer perigo. Nas redes sociais os internautas repudiaram a ação violenta contra o jornalista.

Via: oglobo.globo.com

PUBLICIDADE

Criança de 3 anos salva vizinha idosa que estava presa no porão a alguns dias

Vecina afirma que principal culpado por doses erradas em crianças é o Ministério da Saúde