in

Mulher é detida sob suspeita de oferecer a própria filha de 14 anos por R$ 100 para prostituição em SP

Uma mulher de 35 anos de idade teve sua prisão efetuada nesta última terça-feira, dia 1, sob suspeita de oferecer sua própria filha adolescente, de apenas 14 anos de idade, para a prostituição no município de Paraibuna, que fica no interior de SP.

PUBLICIDADE

De acordo com informações dadas pela Polícia Civil, a mulher foi presa após ter sido feita uma denúncia, de que ela, em uma troca de mensagens, oferecia programas com ela própria e sua filha para alguns homens.

De acordo com informações dadas pela polícia, a mulher teria conversado com uma grande quantidade de homens e oferecido a relação sexual em troca de dinheiro.

Nas mensagens em questão, a mulher é quem orienta a seus “clientes” que primeiramente, tenham relações sexuais com a filha e, em seguida, com ela, afirmando que o programa juntamente com a menina teria o custo de R$ 100.

PUBLICIDADE

Em algumas dessas mensagens, a mãe diz até mesmo que está ensinando a sua filha a fazer os serviços que são prometidos. De acordo com a polícia, a mulher possui histórico de usuária de drogas.

PUBLICIDADE

A polícia solicitou à Justiça a prisão da mulher nesta última segunda-feira, dia 31, e o mandado foi expedido nesta terça. As duas filhas adolescentes da mulher foram levadas para o conselho tutelar e permanecem em abrigos que serão temporários.

A polícia acrescentou ainda, que a mãe disse não ter cometido o crime, afirmando que não foi ela quem realizou as ofertas. Ela teria dito aos policiais que o aplicativo de mensagens dela foi invadido por alguém.

Diante desta versão, a polícia informou que investigará tudo o que foi dito pela mãe sobre a invasão do aplicativo de mensagens, além de fazer averiguações se de fato a adolescente chegou mesmo a sofrer o abuso. A investigação também visa saber da identidade dos homens que estão envolvidos na conversa.

Faculdades e universidades historicamente negras são alvos de ameaças de bombas nos EUA

Quem são os envolvidos na morte de Moises, jovem morto por cobrar seu próprio salário e qual foi a participação de cada um?