in

Após cobrar entrega motoboy é covardemente agredido em Manaus

O motoboy Hery Silva, de 32 anos, foi covardemente agredido depois de cobrar uma entrega feita por aplicativo no sábado(5). O caso aconteceu em frente ao Hospital Dona Lindu na zona centro-sul da capital tudo foi gravado por uma mulher que estava no local e ela perguntou ao homem o porquê das agressões.

PUBLICIDADE

O motoboy disse que chegou ao local com a encomenda e informou ao cliente o valor da corrida que seria 12 reais. O homem deu apenas 6 reais em moedas e disse que enviaria o restante em um pix.

Depois de esperar 30 minutos o motoboy então devolveu o dinheiro para o cliente e quis ir embora, quando o homem começou a agredi-lo.

De acordo com a vítima foram mais de 10 minutos imobilizado pelo homem depois disso o cliente resolveu fazer o pix para o motoboy.

PUBLICIDADE

O motoboy fez um boletim de ocorrência, mas até o momento nada foi resolvido. Ele contou que era uma entrega como qualquer outro e o aplicativo da a opção para o cliente pagar em dinheiro, mas o cliente não tinha o dinheiro completo.As orientações para o motoboy é que nesses casos volte com a mercadoria, mas quando ele virou as costas depois de ter esperado por 30 minutos o homem achou que o motoboy estava sendo rude e começou a agredi-lo derrubando no chão. O motoboy disse que não ofereceu resistência e nem agrediu o homem em momento algum.

 

PUBLICIDADE

 

Mãe grávida de 4 meses morreu com 37 facadas supostamente para salvar a filha de 14 anos que também foi morta covardemente

Menina de 2 anos morre após comer biscoito envenenado que vizinho teria jogado para seu cachorro