in

Vídeo: Karol Conká fala sobre comportamento no BBB21: ‘envergonhada, incomodada, deprimida’

A cantora Karol Conká veio a público desabafar a respeito de sua participação no Big Brother Brasil 21, uma das mais polêmicas da edição. A ex-sister deixou o programa com recorde de rejeição, com 99,17% dos votos do público para deixar o confinamento da casa mais vigiada do Brasil.

PUBLICIDADE

De acordo com a cantora, dois meses após sua eliminação, ela se sente envergonhada a respeito de suas atitudes dentro do programa. A cantora chegou a afirmar que agora, ao ver as cenas do programa, que ela se choc com alguns momentos, e que se sente envergonhada, arrependida e deprimida com as imagens em questão.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Karol Conká 👽 (@karolconka)

Ainda em sua fala para o programa Saia Justa, a cantora disparou que ela entende que isso era algo que fazia parte dela, e que ela sempre procrastinou a respeito de ir atrás de algo relacionado a saúde mental, e que não levou isso a sério. Sobre seu comportamento, ela destaca que entrou no programa, e que se autosabotou para chamar a atenção para este assunto.

PUBLICIDADE

No início do programa, logo de cara, Karol aproveitou para fazer um desabafo a respeito da forma como lidou com a rejeição após o programa. Ela falou também a respeito do seu documentário lançado nesta quinta-feira (29), o “A Vida Depois do Tombo” que está disponível agora na Globoplay.

A cantora destacou que não foi fácil lidar com a rejeição, e que já havia lidado com isso quando era mais nova. Devido a isso, ela destaca que criou ‘cascas’ e uma espécie de armadura, que é usada para ela se defender. Após ter se tornado a Karol Conká, a rejeição ficou afastada dela, mas ressalta que isso ainda sim sempre foi algo que esteve presente em sua vida.

PUBLICIDADE

 

‘BBB21’: Gilberto se emociona com notícia sobre vacina e defende pesquisadores